sábado, 18 de dezembro de 2010

Apichatpong é mort! Vive Apichatpong!


Olha, francamente: eu até entendo, mas não gostaria de entender o sentido desta rejeição considerável a Eternamente sua por aí. Mas que é uma puta obra-prima, é; e será. O tempo é o melhor ( não: o único juiz), etc, se devidamente usado como mediação, é claro, como médium entre a consciência e o devir das formas históricas ( Die Seele und die Formen, ou algo assim). O resto em decassílabos. Melhor; em Elliot:


What we call the beginning is often the end
And to make and end is to make a beginning.
The end is where we start from. And every phrase
And sentence that is right (where every word is at home,
Taking its place to support the others,
The word neither diffident nor ostentatious,
An easy commerce of the old and the new,
The common word exact without vulgarity,
The formal word precise but not pedantic,
The complete consort dancing together)
Every phrase and every sentence is an end and a beginning,
Every poem an epitaph. And any action
Is a step to the block, to the fire, down the sea's throat
Or to an illegible stone: and that is where we start.
We die with the dying:
See, they depart, and we go with them.
We are born with the dead:
See, they return, and bring us with them.
The moment of the rose and the moment of the yew-tree
Are of equal duration. A people without history Is not redeemed from time, for history is a pattern Of timeless moments. So while the light fails On a winter's afternoon , in a secluded chapel, History is now and England.


Little Gidding, Four quartets

2 comentários:

Vlademir disse...

O último dele, já assistiu? Apareceu hoje no karagarga, curiosidade alta pra conferir, mas também um certo receio de não ser tudo o que falam. A repercussao em torno do tailandês saiu de controle, o transformaram em uma grife, o que com o tempo vai continuar gerando muitas reações contrárias a sua obra.

Júnior disse...

sim, é uma pena. como ocorreu com Tsai, e acho Não quero dormir sozinho, tão maltratado, dos seus melhores filmes. tou baixando o último, muito curioso também.